Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Caminhada em alusão ao Dia Internacional de Luta contra a Violência à Mulher ocorre nesta quinta-feira

Publicado em 23/11/2021 às 11:31 - Atualizado em 23/11/2021 às 11:31


Créditos: Jessica Rosso Crepaldi/Decom Baixar Imagem

O Dia Internacional de Luta contra a Violência à Mulher será marcado em Siderópolis por uma caminhada organizada pelo Conselho Municipal dos Direitos da Mulher de Siderópolis. A ação tem a parceria da Secretaria de Assistência Social e da Associação Feminina de Assistência Social e Bem Estar Social de Siderópolis (Afabess).

 

 

A caminhada irá sair da Afabess, que fica localizada na Rua Diomicio Freitas, no  Centro, e irá terminar em frente ao Siderópolis Clube, com previsão de saída às 9 horas. 

 

 

O Conselho Municipal do Direito da Mulher convida todas as associações, organizações e comunidade em geral a participar deste ato de conscientização e combate a violência à mulher, vestidos na cor preta.

 

 

Segundo a presidente do conselho Jesica Carine Vesener, a ideia surgiu através da diretoria do conselho, a Secretaria de Assistência Social e Afabess, pois ambos os setores trabalham diretamente com as políticas públicas referentes à mulher.

 

 

“Nossos setores SMAS e Afabess se deparam frequentemente com relatos e vivências de mulheres que sofrem ou já sofreram algum tipo de violência, seja ela física, psicológica ou moral.”

 

 

Durante a caminhada serão distribuídos informativos, folders, e algumas informações sobre o número de feminicídios que ocorreram no estado de Santa Catarina. 

 

 

Segundo a primeira dama, presidente de honra da Afabess  e vice-presidente do Conselho Municipal do Direito da Mulher, Cristiane Salvaro, ainda nos dias de hoje existem vários tipos de violência contra a mulher podendo ser “física, psicológica, sexual, moral e patrimonial'. O preconceito contra as mulheres também é um desrespeito contra nós mulheres, ainda costumam dizer que somos inferiores e observamos isso em comentários, piadas e até mesmo em letras de músicas. Esta caminhada do dia 25 de novembro tem como objetivo alertar a toda sociedade sobre este tema que abrange todo o país”.