Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Artistas contemplados pela Lei Aldir Blanc prestam contas em Siderópolis; município fiscalizará atividades

Publicado em 07/04/2021 às 08:17 - Atualizado em 07/04/2021 às 08:19


Créditos: Ana Paula Sarnowski Baixar Imagem

O Departamento de Turismo e Cultura de Siderópolis está recebendo os artistas contemplados pela Lei Nº 14.017, de 29 de junho de 2020, para a prestação de contas. Trata-se da Lei Aldir Blanc de Emergência Cultural, decretada durante o estado de calamidade pública por conta da pandemia de Covid-19, a fim de adotar ações emergenciais destinadas ao setor cultural.  

 



O município de Siderópolis recebeu R$116.158,28 destinados para essa finalidade por meio de edital, que abrangeu espaços culturais, formação e capacitação de agentes culturais, manutenção de espaços e concurso de fotografia. 

 



Neste momento o setor trabalha com a verificação dos documentos pedidos no edital 02/2020, e verifica as possibilidades de desenvolver as atividades de contrapartida à comunidade sideropolitana. “Quem ganhou o projeto terá que devolver alguma coisa para o município, seja em atividade, em curso, em exposição ou outra atividade.” explicou o assessor de Cultura, Arisson Fabrício Nunes. 

 



Além disso, o assessor mencionou a expectativa para uma segunda etapa da lei. “Estamos lutando para que seja sancionada pelo Governo Federal a segunda etapa da Lei Aldir Blanc, pois o Estado ainda conta com mais de 26 milhões que não foram aplicados na primeira etapa”, finalizou. Foram contemplados nesta primeira etapa com a Lei Aldir Blanc, em média, 15 sideropolitanos.