---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Siderópolis decreta Luto Oficial pelo falecimento de Dom Enemésio Ângelo Lazzaris

Publicado em 03/02/2020 às 15:28 - Atualizado em 03/02/2020 às 15:28

O município de Siderópolis decretou luto oficial de três dias pelo falecimento do Sideropolitano e bispo da diocese de Balsas, do estado de Maranhão, Dom Enemésio Angelo Lazzaris, aos 71 anos, ocorrido na noite deste domingo, 02, na cidade de Araguaína, em Tocantins.

 

O prefeito Hélio Cesa, o Alemão, assim como a população de Siderópolis, lamentam essa grande perda. “E com profundo pesar que lamento o falecimento do nosso querido Bispo. Enemésio era um religioso exemplar, e deixará em nossas lembranças e na nossa história seu legado. Que Deus conforte os corações dos familiares”.

 

O corpo de Dom Enemésio será velado até às 15h desta segunda-feira, na paróquia Sagrado Coração de Jesus, em Araguaína, onde foi pároco por oito anos. Em seguida, o corpo será trasladado para Balsas, onde será velado na Igreja Catedral Sagrado Coração de Jesus (MA). O sepultamento será nesta terça-feira, 4 de fevereiro, na própria catedral da cidade, após a Missa Exequial, ainda sem hora marcada.

 

História

 

Dom Enemésio Angelo Lazzaris nasceu em Siderópolis, 19 de dezembro de 1948. Terminou o seu noviciado em 1965 na Congregação da Pequena Obra da Divina Providência e fez os seus votos perpétuos em 27 de outubro de 1974. Estudou filosofia em Ipiranga e teologia na Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. Licenciou-se em teologia com especialização em espiritualidade no Teresianum. Foi ordenado sacerdote em 26 de julho de 1975. Foi diretor da comunidade orionita, pároco da Paróquia do Sagrado Coração de Jesus em Araguaína, Diretor do Colégio Dom Orione de São Sebastião do Rio de Janeiro e Superior da Província Norte do Brasil da Congregação da Pequena Obra da Divina Providência (Dom Orione). Foi nomeado bispo em 12 de dezembro de 2008 pelo papa Bento XVI, presidente da Comissão Pastoral da Terra Nacional (2012-2018), atualmente era Bispo Diocesano do município de Balsas, no Estado do Maranhão e também o primeiro presidente da Comissão Episcopal Pastoral Especial para o Enfrentamento ao Tráfico Humano (2017- 2019).